Fotógrafo recria última refeição de condenados a morte.


O fotógrafo britânico James Reynolds de 23 anos recriou numa série de fotografias as últimas refeições pedidas por condenados no corredor da morte. O projeto se chama “Últimas ceias” e veio de uma longa pesquisa feita pelo artista. Ele procurou saber quem era o dono do pedido e qual crime havia cometido. James acredita que cada pedido revela um pouco sobre a personalidade de cada criminoso.Cada refeição pode custar até US$ 40, mas alguns condenados fazem escolhas baratas e inusitadas.
Duas caixas de sorvete de baunilha e várias casquinhas foram o desejo final de Lewis Gilbert, antes de ser executado por assassinato em Oklahoma, em 2003
Cigarros são tolerados, mas analgésicos são recusados. ‘Certa vez um prisioneiro quis um revólver, mas obviamente não conseguiu’, diz Reynolds


Uma bandeja de frutas foi o último pedido de Louis Jones Jr, condenado por sequestro, estupro e assassinato em Indiana, em 2003.
Donuts e MilkShake. O artista estuda a possibilidade de reunir as imagens de a “Ultima Ceia” em um livro.
Refeições de redes de fast-food, como esta do KFC, são as mais comuns.

Cardápio de um homem condenado por estupro e assassinato no Texas.

Victor Feguer, executado por assassinato em 1963 em Iowa, quis uma azeitona por achar que uma oliveira cresceria dentro dele.

Fonte

0 comentários: